Curiosidades sobre a caneta Bic

Cada caneta tem tinta suficiente para escrever por entre 2 e 3 quilômetros (dá para fazer um traço do começo ao fim da Avenida Paulista, em São Paulo). Não importa a cor da caneta – a única diferença entre a preta e a azul, as tradicionais, são os corantes: carbono para preto, ferro para azul. 

Os pigmentos são adicionados a um solvente – água ou óleo – e essa mistura molha a esfera na ponta da caneta, que gira e passa a tinta para o papel. Daí o nome “esferográfica”.

A bolinha da ponta da caneta é de carbureto de tungstênio, metal usado em balas de revólver e quatro vezes mais resistente do que o aço.

E pra que serve aquele "furinho"?

O furinho mantém a pressão atmosférica dentro da caneta igual à de fora. Assim, a pressão ajuda a empurrar a tinta para a ponta da caneta. Por causa desse design, a Bic virou até peça do acervo de design do Museu de Arte Moderna de Nova York. 


Fonte : Manual do mundo
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário